Newsletter

Receba a nossa newsletter

É profissional de saúde?

1

Login


BEM-VINDO AO APFH IMMERSIVE VIRTUAL CONGRESS

Recebeu os dados de acesso aquando da sua inscrição, via e-mail. Introduza os dados e desfrute do nosso Congresso

E-poster
Número de Trabalho: 27

Patient Blood Management (PBM) – 10 anos de evolução

Patient Blood Management (PBM) – 10 anos de evolução

Patient Blood Management (PBM) – 10 anos de evolução

Rute Duarte1, Graça Mousinho2, Mariana Antunes1, Marta Mendes1, Inês Eusébio1, Maria Olímpia Fonseca3, Jorge Martinez4

1 Farmacêuticas, Serviços Farmacêuticos, Centro Hospitalar Universitário Cova da Beira, E.P.E.
2 Imunohemoterapeuta, Serviço de Imunohemoterapia, Centro Hospitalar Universitário Cova da Beira, E.P.E.
3 Diretora dos Serviços Farmacêuticos, Centro Hospitalar Universitário Cova da Beira, E.P.E.
4 Diretor do Serviço de Imunohemoterapia, Centro Hospitalar Universitário Cova da Beira, E.P.E.

Introdução

O PBM consiste numa abordagem multidisciplinar de gestão de administração alogénica de componentes sanguíneos [1]. Em contexto cirúrgico, para o qual se prevê a ocorrência de perdas hemáticas, a avaliação e correção atempadas de parâmetros hematimétricos permite a redução de transfusões sanguíneas, com resultados positivos de eficácia, segurança e economia de recursos. O ferro (FE) endovenoso (EV) constitui a terapêutica preconizada nas situações em que o FE oral é contraindicado, ineficaz ou mal tolerado, sendo o mais utilizado neste contexto [2].

Objetivo

Analisar os consumos de FE EV e de concentrados de eritrócitos (CE), administrados num período de 10 anos. Avaliar a implementação do protocolo de PBM.

Métodos

Análise farmacoeconómica retrospetiva de FE EV e de CE administrados entre 2009 e 2019. Avaliação dos consumos totais na instituição e nos serviços (SC) de Cirurgia, Ortopedia, Urologia e Ginecologia. Resultados No período em análise, verifica-se um aumento progressivo de consumo total de FE EV na instituição, oscilando entre as 94 unidades em 2009 (7.446,62€) e as 2315 ampolas em 2019 (123.533,93€). Esta tendência crescente verifica-se também para os SC analisados, com nenhuma utilização entre 2009 e 2011, até um consumo de 294 ampolas em 2019 (20.266,28€).

A administração de CE apresenta, por sua vez, uma evolução contrária, com o consumo total de 2768 unidades de CE em 2009 (514.848,00€) e 1956 unidades de CE em 2018 (203.815,20€), traduzindo-se num resultado económico positivo de 60%. Nos SC evidencia-se uma tendência semelhante, com um diferencial de 983 e 579 unidades de CE administradas em 2009 e 2018, respetivamente. Em 2019 constata-se um aumento de 20% de unidades de CE administradas na instituição, e de 25% de unidades de CE administradas nos SC, que se explicam pelo aumento de global de produtividade.

Discussão/Conclusões

A anemia, a hemorragia maciça e as transfusões sanguíneas, constituem fatores de risco conducentes a resultados clínicos negativos para o doente. Contudo, estes fatores de risco podem ser atenuados ou eliminados pela aplicação sistematizada de um programa de gestão de sangue. O relatório de avaliação do impacto da implementação de PBM em Portugal estima uma redução de 50% das transfusões de CE [3].

A realidade dos últimos 10 anos analisados neste estudo corrobora as estimativas nacionais, pela sucessiva redução do número de transfusões de CE e correspondente aumento de consumo de FE EV. Esta avaliação positiva da implementação do PBM traduz-se numa melhoria da efetividade, com impacto positivo nos resultados em saúde, e na otimização dos custos associados ao tratamento do doente.

Bibliografia

1. Direção Geral da Saúde. Gestão do sangue do doente; Patient Blood Management (PBM) em cirurgia eletiva. Norma 011/2018, 11/06/2018.

2. European Commission. Buildind national programmes of Patient Blood Management (PBM) in the EU. A Guide for Health Authorities, March 2017.

3. AWGP. Implementação de Patient Blood Management (PBM) em Portugal: avaliação do impacto, Fevereiro 2017.

Relacionados

E-posterE-poster

poster

Pequenos datasets como fonte de mudança: Utilização de Albumina em contexto clínico

Miriam Capoulas

E-posterE-poster

poster

Contributo do sistema de gestão da qualidade na minimização de erros de medicação

Idalina Freire

E-posterE-poster

poster

Farmacoterapia aplicada na infeção grave por SARS-CoV-2 em pediatria: Tratamento com Remdesivir

João Nogueira

E-posterE-poster

poster

Normas a ter em consideração na conservação de medicamentos termolábeis em caso de interrupção da cadeia de frio

Elisabete Pinheiro